Abertas as inscrições para o 4º Prêmio Brasil de Meio Ambiente

Até 30 de outubro

Empresas, instituições, órgãos públicos, ONGs e agências de comunicação de todo o Brasil já podem se preparar para concorrer ao 4º Prêmio Brasil de Meio Ambiente. As inscrições estão abertas até 30 de outubro.

Cada instituição pode participar com projetos em até duas das seguintes categorias: Ar; Água; Fauna e Flora; Educação Ambiental; Resíduos; Eficiência Energética; Eco-Turismo; Meio Ambiente - Âmbito Municipal; Meio Ambiente - Âmbito Estadual; Meio Ambiente - Âmbito Federal; Ação de Comunicação Social em Meio Ambiente; Campanha Publicitária sobre Meio Ambiente.

Idealizado pela Editora JB/JB Ecológico, o prêmio tem por objetivo divulgar iniciativas que busquem conciliar atividades produtivas com a proteção ambiental e o desenvolvimento sustentável, estimulando a continuidade e ampliação da consciência ambiental em todo o país.

Os critérios de avaliação dos projetos envolvem o cumprimento dos objetivos, seu grau de inovação e replicabilidade, a abrangência, a criatividade nas soluções apresentadas, a utilização de tecnologias limpas ou inovadoras e a sustentabilidade do projeto. A premiação acontecerá no Rio de Janeiro, no início de 2010.

Mais informações no site do prêmio: www.jb.com.br/4pbma

Selo "Esse Blog é Vip"


Olá amigos!
Essa felicidade parece que não vai ter fim. Desta vez, o nossa amiga Rosangela Viana do blog http://www.ciencisagora.blogspot.com/ nos agraciou com mais uma, honrosa indicação. Mas um selo para nós e como não poderia deixar de indicar os meus amigos, parceiros e colaboradores.

Aos meus indicados, podem repassar o selo a quantos blogs desejarem. Muito obrigada pela terna atenção.

Um abraço a todos.

Selo Blog Dorado!


Olá amigos blogueiros, mais uma vez, estamos sendo honrados com um selo. Desta vez, o nossa amiga Rosangela Viana do blog http://www.ciencisagora.blogspot.com/ que nos presenteou.
De acordo com os termos de indicação, o selo homenageia os melhores blogs e tem sua simbologia nas cores que utiliza: a cor azul representa paz, profundidade e imensidão, enquanto a cor dourada ressalta a sabedoria, riqueza e a claridade das idéias.

As regras para as indicações são:

1) Colocar o prêmio em situação visível ou linká-lo;
2) Anunciar através de um link, o blog que o premiou e premiar até outros 15 blogs, avisando cada blogueiro sobre a premiação.

BRASIL GANHA NOVO PARQUE EÓLICO







No ultimo dia 20 de agosto, o Brasil ganhou um novo Parque Eólico, localizado no Ceará. O empreendimento é fruto da aliança entre dois grandes líderes no setor energético na América Latina: Cemig e IMPSA. Com 325 hectares e 19 aerogeradores, o Parque Eólico de Praias de Parajuru é o primeiro de três usinas a serem construídas no estado. Ainda serão instaladas as centrais: Praia do Morgado e Volta do Rio, no município de Acaraú. Juntas, terão capacidade para gerar 99,6 MW. A intenção é que nos próximos 20 anos esta energia gerada seja comercializada para a Eletrobrás.


Limpa e renovável. Assim é a fonte eólica, considerada a mais natural do planeta. Essa alternativa é gerada em parques que concentram vários aerogeradores – turbinas em forma de cata-vento ou moinho instaladas em regiões de ventos fortes. É utilizada para substituir combustíveis naturais (não renováveis e sujeitos a escassez), como o carvão, petróleo e gás natural, auxiliando na redução do efeito estufa e, consequentemente, no combate ao aquecimento global.


Pioneira na operação de usina eólica no País, ao construir a Usina Morro do Camelinho, em 1994, a Cemig tem mais de 90% de fontes limpas. O presidente da Companhia, Djalma Bastos de Morais, destaca que a participação nos parques eólicos está em conformidade com a estratégia da empresa e do Governo de Minas que é de "crescer de forma sustentável, econômica, social e ambiental."


Líder latino-americana em energias renováveis, a IMPSA considera o Brasil um mercado chave. A empresa argentina está trabalhando na implantação de mais outros 10 parques eólicos no País, na região de Santa Catarina. "Pretendemos desenvolver uma matriz energética mais equilibrada e limpa no País", diz o representante da IMPSA no Brasil, Luis Pescarmona.


Os parques eólicos fazem parte do Programa de Incentivo a Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa), desenvolvido pelo Governo Federal, sob coordenação do Ministério de Minas e Energia (MME). A iniciativa visa fomentar o desenvolvimento das fontes renováveis como as eólicas, biomassas, solares, e de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH's).